Religare (Gota-Oceano)

“Eu vi Deus e ele tinha o meu rosto. Vi refletido em mim pessoas, mundos e coisas. Percebi além de minhas entranhas um infinito Universo de luzes e sombras. Vi-me ego dissolvido no espaço, perdido no encontrar-me, passando por minha mente como máscaras do que realmente Eu Sou. Senti-me gota espalhada em oceano. Sendo Deus o vasto mar e eu uma de suas gotas. Paradoxo Divino extasiante. Enquanto ser (humano), cápsula d’água, invólucro de ego onde habita meu Divino Nome. Sem a cápsula, quem sou diante do Deus-Oceano?”
Desde seu surgimento o homem tem consciência de sua parcela divina, do desconhecido além dos seus templos de carne. E desde então ele vem buscando conhecer esse mistério, que de tão íntimo se tornou distante. “Conhece-te a ti mesmo que conhecereis os Deuses e os homens”, a célebre frase-chave do Oráculo de Delfos que encerra o mistério do grande Arcano. Buddha declarou que a Verdade está junto de nós. Cristo mandou conhecer a Verdade e que assim sendo esta nos libertaria. Já Krishna afirmou que a verdadeira religião é a união da alma individual com Deus, o Espírito Universal. Muitos mestres apontaram para o mesmo caminho, e o ser humano, com mania de procurar fora o que se encontra dentro, acabou se perdendo... Porém, sempre buscando encontrar o sentido para o que sentia lá dentro, em algum lugar obscuro do seu pequeno-grande-mundo, microcosmos, reflexos do Absoluto. A esta busca foi dado o nome de “religião”, “religare”, ou seja, a busca por “religar” seres espirituais que somos ao Grande Espírito Criador. Mas com o tempo a “criatura” foi esquecendo qual o real sentido da busca, e ao invés de “unificar” Deus e criatura, tornou Deus cada vez mais inacessível e distante, limitando o Ilimitado às Alturas... A gota em busca do mar sem se dar conta de que o mar está em tudo—e ai está o sentido de “Único”, muito diferente de “exclusivo”... Mas vez por outra há um “despertar” e então a sagrada luz existente no sacrário do ser é percebida. E como em um passe de mágica tudo passa novamente a ser único e o ser se vê em conexão direta com ele mesmo, com o Deus-gota-Oceano, com a Força criadora Absoluta.
Religare...

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores